Buscar
  • Hélio Euclides

Legião de Maria: 96 anos e um Espírito Juvenil


A tradicional festa de aniversário da Legião de Maria aconteceu no dia 07 de setembro, com a comemoração dos seus 96 anos de fundação no mundo e 66 no Brasil. O evento lembrou Frank Duff, que fundou a associação católica na Irlanda. Mas também agradeceu a presença de Yolanda Ribeiro, que está na Legião desde o primeiro praesidium no Brasil. A festividade do Senatus Assumpta do Rio de Janeiro aconteceu às 14h, na Catedral Metropolitana de São Sebastião do Rio de Janeiro, com a presença do Cardeal Dom Orani João Tempesta.

O encontro teve início com as orações iniciais da Tessera e o Santo Terço, e em seguida foi rezada a Catena Legionis. Este ano teve destaque o Ano Mariano. "É muito bom os Legionários festejarem o Ano Mariano juntos aqui na Catedral, e esperando com ansiedade o centenário da Legião”, destacou a Presidente do Senatus Rio de Janeiro, Zélia Rainha. A presença de Legionários superou as expectativas e foi percebida no número incontável de estandartes.

Ocorreu ainda a celebração da Missa, presidida pelo Reverendíssimo Dom Orani João Tempesta, e concelebrada pelos padres Padre Cristiano Hotz, Vigário Paroquial da Catedral, e Frei Galdêncio Sens Provida, de São João de Meriti. Participaram ainda os Diáconos: Elmo Irade, do bairro de Santa Cruz, Djair Silva do Rosário, da Arquidiocese de Niterói, Glenã dos Santos, da Tijuca, e Valdecir Ferreira.

Na abertura da Missa, Dom Orani destacou o início da Legião. “Agradecemos a Deus pelos fundadores que incentivaram esse trabalho da Legião. Que cresça ainda mais essa missão. E que o Brasil saia desse momento difícil, no qual somos chamados a missão”, destacou o Cardeal. A Vice-Presidente do Senatus Rio de Janeiro, Yolanda Ribeiro também meditou a raiz da Legião. "Em 1950 já estávamos caminhamos com Dublin para a fundação. O irmão João, naquela época, trabalhou muito, e agora deve estar feliz no céu. Na fundação ele comemorava assim: ulá-lá, ulá-la", relembrou.

Todos os Diáconos Permanentes fizeram questão de deixar o seu recado. “Sinto alegria pela certeza da vitória do amor de Maria, de sua intercessão de um Cristo presente", comentou o Diácono Djair Silva. A alegria era muito grande entre todos os presentes. “A festa da Legião me deixa muito contente, pois me faz lembrar que cresci dentro desse exército de Maria”, contou o Diácono Elmo Irade. Ao falar de Maria a emoção era forte. “Esse evento fecha com chave de ouro o Ano Mariano. O amor de Maria nos fortalece o coração”, grifou o Diácono Glenã dos Santos. Todos tinham um pedido especial no coração. “Nessa festa mais uma vez renovamos a proteção da Virgem e pedimos a Ela que interceda pelo Brasil e por todo mundo", acrescentou o Diácono Valdecir Ferreira.

Na homilia, o Cardeal fez uma ponte entre a fundação e a Legião hoje. “Que Nosso Senhor nos inspire como fez aos fundadores da Legião de Maria. Tenhamos muita alegria em reconhecer a história bela da Legião de Maria, que se encontra em diversas dioceses. Que não exista nenhum pedacinho da terra sem Legião”. Dom Orani falou da presença de Nossa Senhora na nossa vida. “O Senhor chama as pessoas a se inspirarem em Maria, tanto no passado, como no presente. Como Maria, somos convidados a estar juntos aos outros. A espiritualidade Mariana nos leva ao caminho da renovação. É imitar Maria, que em visita foi ajudar sua prima Isabel. Pensando nisso, hoje o nosso objetivo é levar vida a cada vez mais gente”.

O Cardeal meditou as leituras. “Nesse momento agradecemos e bendizemos a intercessão no trabalho. Que ao voltar ao Praesidium estejamos com mais ânimo para continuar essa missão. As leituras de hoje nos inspiram a continuar, a seguir e testemunhar em todas as épocas Jesus Cristo. A Legião de Maria deve mostrar ao povo águas mais profundas, sendo pescador de homens, essa é a missão: levar o Cristo por Maria”. O Bispo lembrou o Ano Mariano. “Devemos ser iguais aos pescadores de Aparecida, que acharam dois pedaços da imagem e os uniram. Somos chamados a ser um sinal de unidade e levar todos a se converterem a Cristo. Que esse encontro faça com que todos sigam em frente, sendo instrumentos da Igreja”.

Dom Orani falou do momento difícil pelo qual passa o Brasil e a cidade, e que o Legionário precisa ser missionário em todas as épocas. “Que os Legionários continuem em oração, para enfrentar as realidades da violência, do desemprego e das doenças. Esse é o caminho do carisma Legionário, que faz a visita e segue para o confronto contra o caos e os desvios do ser humano. Hoje somos chamados a ser testemunhas e viver a fé. Devemos pensar que as pequenas coisas boas que fizemos, podem se tornar grandes coisas, que podem mudar o mundo”.

Ao final da Missa, a presidente do Senatus do Rio, Zélia Rainha, proferiu algumas palavras de agradecimento e incentivo, ressaltando a fundação do Senatus de Belém, no qual Dom Orani estava presente. Mandou o recado de que os membros não devem ser Legionários só de festa, mas Legionários do dia a dia. O Bispo agradeceu as palavras e retribuiu com um abraço. O Cardeal convidou a todos para o encerramento do Ano Mariano, no dia 07 de outubro, às 8h, na Catedral. Os Legionários também foram convidados a participar da visita ao Santuário de Nossa Senhora de Fátima, no dia 21 de outubro. Dom Orani encerrou a festa rezando com todos as Orações Finais da Legião.

#Notícias

285 visualizações

E-mail Senatus:

senatus@legiaodemaria.org.br

Secretaria da Comunicação:

comunicacao@legiaodemaria.org.br

Endereço: 

Av. Benjamin Constant 23, sl 505

Glória - Rio de Janeiro / RJ

Tel: (21) 2224-1873

Visite:

 

© 2015 por Comunicação do Senatus-RJ