• Helio Euclides

Conhecendo Frank Duff - 4ª Parte


Sete de Setembro de 1921 - Nascimento da Legião de Maria

Numa reunião dominical em Myra House (Dublin - Irlanda), alguém comentou que na visita que fizera ao Hospital da União, ficara impressionado com o que vira. Era um hospital para gente pobre e ali se encontrava uma grande miséria material e espiritual. Especialmente lamentável era a seção reservada aos cancerosos, principalmente o setor feminino, onde as mulheres pareciam ali estarem para apodrecer vivas. Nessa reunião, após ouvirem o relato, foi sugerido que as moças do grupo, se encarregassem de visitar regularmente a seção feminina do hospital, assim como os homens do grupo, costumavam visitar o setor masculino. Todos concordaram com a sugestão. Marcaram para a próxima quarta-feira, às 20h, uma reunião para a qual convidariam outras pessoas, principalmente moças, para se responsabilizarem pelas visitas aos doentes.

Quando os participantes compareceram, na Quarta-feira seguinte, havia umas quinze pessoas. Encontrara na sala um pequeno altar de Nossa Senhora das Graças. A imagem, que fora a que Frank Duff recebera de seu amigo Gabbet, estava sobre uma toalha branca, ladeada de dois vasos de flores e duas velas. Invocado o Espírito Santo e rezado o Terço do Rosário, discutiu-se o trabalho a fazer. Foi decidido reunirem-se semanalmente e que o primeiro trabalho seria a visita, em pares, ao Hospital da União onde não haveria auxílio material, mas cuidados aos doentes e preocupação evangelizadora. Resolveram que de início fariam parte do grupo as senhoras e moças, exceção feita a Frank Duff, força motriz desde o começo e naturalmente ao Padre Toher que seria o Diretor Espiritual. Nenhum dos presentes suspeitou que dessa primeira reunião de 07 de setembro de 1921, surgiria o exército de Nossa Senhora, "a Legião de Maria". Só Maria o sabia.

Existe ainda a ata da primeira reunião. A secretária que a redigiu, colocara em primeiro lugar na relação dos participantes, o nome de Frank Duff. Mas o nome foi riscado. No final da página, escrito com a letra de Frank, lia-se: "Frank Duff também tomou parte na reunião." Ele sempre procurou esconder ou ao menos minimizar o seu papel na fundação.

Os membros da nova associação concordaram em visitar as pessoas como se, por meio delas, Nossa Senhora o fizesse e em ver o Seu Divino Filho em cada um dos visitados. Por ocasião da distribuição dos trabalhos, as jovens faziam questão de visitarem o setor mais difícil do hospital, o das cancerosas. O grupo era formado por pessoas muito jovens, com exceção de Frank Duff, com 32 anos e da Sra. Elizabeth Kirwan, a única em idade madura. Todas as jovens respeitavam e admiravam a Sra. Kirwan, foi ela que introduziu o costume de ler uma vez por mês, as quatro condições fundamentais do trabalho no novo movimento. Ou, como é hoje conhecida, "a Instrução Permanente" A Sra. Kirwan foi eleita presidente do grupo, sendo assim a primeira presidente da Legião de Maria.

O Hospital da União era dirigido pelas Irmãs da Misericórdia. Quando tomaram conhecimento da existência do novo grupo e seus objetivos, prometeram oferecer a missa e a comunhão pela prosperidade do grupo. Como retribuição o grupo escolheu o nome de "Associação Nossa Senhora da Misericórdia". Este veio a ser o primeiro grupo do movimento que mais tarde veio a Chamar-se "Legião de Maria".

Algum tempo depois, houve necessidade de escrever a história do Movimento que já crescera notavelmente. Era preciso apresentar a data da fundação, mas ninguém lembrava com exatidão. Consultaram então o caderno das atas, que Frank Duff prudentemente havia guardado. A data da primeira reunião era 07 de setembro de 1921. "Que pena!" - exclamou alguém. "Seria melhor o dia 8, festa da Natividade de Nossa Senhora." Frank viu mais fundo. Conhecedor da Liturgia, pois rezava o Ofício Divino diariamente, argumentou. No dia 7 de setembro, às 20h a Igreja rezava as primeiras "Vésperas" da festa da Natividade de Maria. No dia 8, às 20h a festa de Maria teria passado e já se começava o Ofício do dia seguinte.

Assim a Legião de Maria, começara exatamente com as primeiras orações da Natividade de Nossa Senhora.

No nosso próximo capítulo vamos falar sobre os primeiros passos do novo movimento. Até a próxima viagem na vida de Frank Duff.

Fonte: "UM PIONEIRO DO APOSTOLADO LAICAL FRANK DUFF E A LEGIÃO DE MARIA" - Hilde Firtel

Compilado por Abigail Duarte

Revisado pela Secretaria de Comunicação do Senatus Assumpta do Rio de Janeiro

#FrankDuff

0 visualização

E-mail Senatus:

senatus@legiaodemaria.org.br

Secretaria da Comunicação:

comunicacao@legiaodemaria.org.br

Endereço: 

Av. Benjamin Constant 23, sl 505

Glória - Rio de Janeiro / RJ

Tel: (21) 2224-1873

Visite:

 

© 2015 por Comunicação do Senatus-RJ