• Frei Bede McGregor (Diretor Espiritual do

Allocutio - Boletim Concilium [ Janeiro - 2016 ]


A LEGIÃO E A MEDALHA MILAGROSA - Boletim n° 1084

No nosso último encontro introduzimos o tema do lugar da medalha milagrosa, na espiritualidade e no apostolado da Legião. Recordamos as palavras de Nossa Senhora a Catarina Labouré: “Fazei cunhar uma medalha de acordo com esse padrão. Àqueles que a usarem receberão grandes graças, e, para todos aqueles que têm confiança”.

É bom para nós lembrarmos o fato, de que foi Maria, ela própria, quem projetou a medalha em todos os seus detalhes, e nos incentiva a participar na sua promoção, em distribui-los como um de nossos apostolados. É um sacramental que nos traz um lembrete, constante e encantador, do vínculo profundo que temos com Nossa Senhora, como Mãe e tudo o que isso traduz. Nós sinceramente sugerimos, que o legionário não só distribua a medalha, como também, incentive as pessoas a usá-las. Temos de comunicar as mensagens bíblicas transmitidas pela medalha, que se encontra em linguagem simbólica.

Assim, foram consideradas três verdades fundamentais sobre Maria, encontradas na Sagrada Escritura: Primeiro apontou para ela como a mulher do Gênesis. É importante para nós legionários sermos impregnados dessa imagem de Maria. A realidade da batalha espiritual e a convicção de que a vitória vem por meio de Maria. Em segundo lugar, falamos da imagem de Maria Medianeira de todas as graças. Precisamos ser capazes de explicar, em termos simples, para àqueles que forem apresentados, e dados a conhecer o lugar de Maria na salvação, de cada um e de toda a humanidade. Em terceiro lugar falamos sobre o maravilhoso poder de intercessão que Maria expressa na oração, que se encontra na medalha: “ Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós”. Talvez quando se tente explicar esta oração - e que é parte da vida de oração do legionário - podemos introduzir, também, a oração que chamamos de Memorare. Muitas vezes, como fazemos as nossas visitas semanais as casas e em nossos outros trabalhos de visitação, nós encontramos indivíduos e famílias que parecem ter problemas insolúveis que não encontram respostas. É uma oportunidade de ouro para dar-lhes o Memorare e explicar a toda poderosa intercessão de Maria.

Mas hoje eu quero me deter em três grandes temas, expressos simbolicamente, no lado reverso da medalha. A primeira coisa que nos impressiona é o grande ‘M’, isto significa Maria como Mãe e Medianeira de todas as graças. No momento em que Maria disse para o Arcanjo Gabriel: “Faça-se me mim segundo a tua palavra”, toda a sua identidade e missão mudou, e para a eternidade. Ela se tornou mãe naquele instante: a Mãe de Deus, a Mãe de cada um de nós e de toda a humanidade. Este não é algum tipo de derrame piedoso ou projeção humana, ou algum tipo de mitologia, está é a realidade radical. É uma verdade sublime. Tudo o que podemos encontrar ou pensar em uma boa mãe é encontrado em Maria, de uma maneira eminente e superabundante.

Uma das razões mais fortes para a esperança em um cristão, e, especialmente, em um legionário é a Assunção de Nossa Senhora. O dogma da nossa fé significa que temos uma Mãe no céu, que também é a Mãe de Deus, que intercede por nós e faz tudo o que uma boa Mãe faria por seu filho. Nós legionários realmente precisamos comunicar a verdade sobre Maria como Mãe de ambos: de Deus e de nós. Seria uma grande tristeza privar aqueles que realmente não sabem estas verdades a respeito de Maria, por uma falta de interesse ou zelo apostólico de nossa parte. Nós já tratamos Maria como Medianeira de todas as graças em muitas outras ocasiões, mas deixamos de reiterar, a verdade básica de que toda a graça, que cada um de nós precisa em nossa jornada para o céu, pode ser obtido por meio de Maria nossa Mãe.

A próxima coisa que vemos no lado reverso da medalha é a cruz. Isto, obviamente, é o centro da nossa fé e a fonte de todas graças que Maria distribui de acordo com a vontade de Deus. Cada cristão deve dizer como Paulo: “Que nunca vangloriar a não ser na cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim e eu para o mundo” (Gálatas 6: 14). Na cruz, juntamente com a ressurreição, toda a obra da nossa Redenção é realizada. Maria nos leva a este grande mistério da nossa fé. E isso nos dá a oportunidade, em nosso apostolado da Medalha Milagrosa falar sobre a Eucaristia, uma vez que é o mistério Pascal se fez, realmente, presente entre nós. A missa tem importância absoluta e não há maior apostolado do que levar alguém a receber Nosso Senhor na Sagrada Comunhão. A Eucaristia é um grande ensinamento da Medalha Milagrosa, como o significado da cruz sobre a mesa do altar.

Por último, vemos os símbolos dos dois corações de Jesus e Maria. Nós todos sabemos a partir do Manual e do exemplo de Frank Duff, nosso fundador, da importância fundamental destes dois corações na vida interior, pessoal de cada legionário e de nosso trabalho apostólico. Mas por que eles são tão importantes? Bem, porque o coração é o símbolo que nos diz a coisa mais importante a respeito de Deus e de Nossa Senhora. Primeiro vamos falar sobre o Sagrado Coração de Jesus. O coração é o símbolo da verdade, que é a essência da alegria do evangelho, ou seja, Deus é amor nos ama infinitamente, pessoal e apaixonadamente e na verdade, é metafisicamente impossível que Deus não nos ame. Muitos de nós podemos, ás vezes, achar que é muito difícil acreditar nesse amor incondicional de Deus, um amor que recebemos radicalmente injusto e totalmente imerecido. Mas é a verdade absoluta e devemos continuamente tentar viver nossas vidas neste ambiente. Ele foi manifestado no coração transpassado de Cristo na cruz, e em muitas revelações particulares ao longo da história da igreja, para que não se esqueça. Misericórdia é outro nome para o amor, especialmente para aqueles mais atolados na miséria.

Papas recentes têm enfatizado esta verdade sobre a misericórdia de Deus. Como o Papa Francisco diz continuamente: ”A misericórdia é o nome de Deus”. Nós também devemos fazer da verdade do Sagrado Coração a fonte fundamental de todo o nosso alcance apostólico e pastoral. O coração Imaculado de Maria é uma imagem espelhada do coração de Jesus, de muitas formas. Vamos ter que adiar este assunto para outro Allocutio. Eu espero que estas duas Alocuções renovem o nosso amor a Medalha Milagrosa e possa nos encorajar a abrir todos os seus tesouros para os outros. Amém.

#Allocutio

0 visualização

E-mail Senatus:

senatus@legiaodemaria.org.br

Secretaria da Comunicação:

comunicacao@legiaodemaria.org.br

Endereço: 

Av. Benjamin Constant 23, sl 505

Glória - Rio de Janeiro / RJ

Tel: (21) 2224-1873

Visite:

 

© 2015 por Comunicação do Senatus-RJ