• Helio Euclides

Conhecendo Frank Duff - 1ª Parte


Toda organização tem interesse em conhecer suas origens, os responsáveis pelo seu começo, os motivos que os inspiraram, quem teve a iniciativa, enfim, como tudo aconteceu. Acreditamos que os legionários, em geral, sabem que a Legião de Maria teve seu início na Irlanda, numa primeira reunião ocorrida no dia 07 de setembro de 1921, por iniciativa de Frank Duff. O que talvez a maioria dos legionários desconheça é a biografia de Frank Duff, suas virtudes de cristão autêntico, apóstolo incansável e dedicado servo de Nossa Senhora, devendo, por isso, ser admirado e seguido por todos aqueles que escolheram a Legião de Maria como caminho de santificação. Considerando a dificuldade de chegarem às mãos dos legionários, espalhados por todos os cantos, livros que narrem a vida e a obra do Fundador, os responsáveis pelo Jornal Vexilum decidiram que a partir do mês de março de 2004, seriam reproduzidos numa coluna do Jornal, trechos do livro: "UM PIONEIRO DO APOSTOLADO LAICAL - FRANK DUFF E A LEGIÃO DE MARIA", de autoria de Hilde Firtel, Enviada da Legião de Maria na Alemanha.

A FAMÍLIA DUFF – PRIMEIROS ANOS

Em 1888, casam-se em Dublin, John Duff e Letitia Susan Freehill, ambos funcionários públicos e católicos fervorosos. Após o casamento, Letitia teve que abandonar o emprego. No ano seguinte, nasce o primeiro filho do casal em 7 de junho. Recebe no batismo, dois dias depois, o nome de Francis Michael (Frank Duff). Era Domingo de Pentecostes, a solene festa do Espírito Santo. Lettitia (Letty) deu à luz mais seis crianças, duas das quais morreram muito novas. Quatro cresceram com Frank: seu irmão John e as irmãs Isabel, Ailis e Sara Geraldini. Os pais deram aos filhos, desde o começo, o exemplo de uma fé firme e alegre. Frank era uma criança viva e alegre com aptidão para atividades esportivas. Sua vida escolar teve início numa escola particular, dirigida por religiosas. Transferiu-se, depois para um colégio dirigido por Jesuítas, onde concluiu o curso primário. O ensino secundário cursou numa escola de grande notoriedade, onde estudaram personalidades eminentes da Irlanda. Foi um aluno brilhante, tendo ganho inúmeros prêmios. Praticava esportes, mas sua paixão era pedalar bicicleta, hábito que conservou por toda vida. Aos 19 anos, tendo concluído, com distinção, seus estudos, foi aprovado num concurso nacional para o funcionalismo civil. A família depositava nele grandes esperanças, por suas qualidades. Gostava de rir, sempre pronto a descobrir o lado divertido de uma situação, seus olhos cinzentos brilhavam por vezes com uma expressão marota. Era um jovem de enormes promessas.

ASCENSÃO INTERIOR E EXTERIOR

Frank desempenhou cargos importantes no funcionalismo civil: foi secretário do líder do governo, trabalhou no ministério da Agricultura, sendo mais tarde transferido para o Ministério das Finanças. Sua responsabilidade e dedicação ao trabalho representavam uma manifestação de seu anseio de perfeição. Por essa época, escreveu um pequeno livro: "Podemos nós ser santos?" Nele dava sugestões sobre a forma de atingir a santidade. Os conselhos que dava, ele os praticava pessoalmente, por exemplo, a Missa e a comunhão diária, que na época não eram praticadas por muitos católicos. Aos 24 anos decidiu rezar diariamente o Ofício Divino. Essa oração, naquele tempo, era rezada em latim e ocupava hora e meia. Atribuiu à prática dessa oração, que ele conservou por toda a vida com fidelidade, as graças que lhe foram concedidas por Deus. Um ano depois de ter tomado essa resolução, participou de uma peregrinação de penitência de três dias, compreendendo jejuns, orações e sacrifícios, dormindo em camas de tábua dura, percorrendo caminhos pedregosos com pés nus. A oração, a penitência e a prática dos sacramentos prepararam Frank para sua grande missão de apóstolo.

Nos próximos textos, vamos abordar o ingresso nos “Vicentinos” e o início do apostolado.

Até a próxima viagem na vida de Frank Duff!

Compilado por Abigail Duarte

Revisado pela Secretaria de Comunicação do Senatus Assumpta do Rio de Janeiro

Fonte: "UM PIONEIRO DO APOSTOLADO LAICAL – FRANK DUFF E A LEGIÃO DE MARIA" - Hilde Firtel

#FrankDuff

0 visualização

E-mail Senatus:

senatus@legiaodemaria.org.br

Secretaria da Comunicação:

comunicacao@legiaodemaria.org.br

Endereço: 

Av. Benjamin Constant 23, sl 505

Glória - Rio de Janeiro / RJ

Tel: (21) 2224-1873

Visite:

 

© 2015 por Comunicação do Senatus-RJ