• Diário do Nordeste - Colaborador: Honório Barbosa

Transferência de D. Edson


Em clima de festa, o quarto bispo da Diocese de Iguatu, na região Centro-Sul do Ceará, dom Edson de Castro Homem, foi empossado no fim da tarde deste sábado, 27. Milhares de católicos participaram do evento religioso e uma multidão acompanhou a pé o desfile do bispo em carro aberto por ruas da cidade. A acolhida ao novo bispo ocorreu na Praça Maestro Eleazar de Carvalho, no Prado. O prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara, e o deputado estadual Agenor Neto recepcionaram dom Edson de Castro Homem, entregando-o uma placa com registro da chegada do religioso e a ‘chave’ da cidade. “Seja bem-vindo e que Deus ilumine o seu episcopado”, disse o gestor municipal. “Nós o acolhemos de braços abertos”.

Depois, o bispo seguiu em carro aberto até a Igreja Catedral de São José, onde foi celebrada missa solene de posse. No cortejo, centenas de pessoas preferiram caminhar ao lado do religioso no percurso de quatro quilômetros. Nas calçadas, os moradores saudaram a comitiva, acenando com bandeirinhas brancas e aplaudindo.

Dom Edson de Castro antes de ser nomeado pelo papa Francisco titular da Diocese de Iguatu era um dos bispos auxiliares do Rio de Janeiro. O cardeal e arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta, e o arcebispo de Fortaleza, dom José Antonio Aparecido Tosi, participaram da solenidade de posse, ao lado de mais 20 bispos e de dezenas de padres.

Dom Orani Tempesta e o arcebispo dom Aparecido Tosi destacaram a formação religiosa, a capacidade, o empenho e a simplicidade de dom Edson de Castro. “É um religioso muito preparado, que muito contribuirá para o desenvolvimento da Diocese”, ressaltou dom Orani Tempesta. “A Igreja Católica é uma só e ele atendeu prontamente ao chamado de Deus e não será difícil se adaptar à nova realidade”.

Bispos e padres que vieram do Rio de Janeiro disseram que dom Edson de Castro Homem está muito alegre e disposto a enfrentar o novo desafio. “Ele está muito feliz com a nova função e com certeza vai agir com firmeza na doutrina”, disse o padre Wagner Toledo, do Rio de Janeiro.

Dom Edson de Castro, por enquanto, preferiu agradecer a acolhida e mostrou-se surpreso com a caminhada da multidão ao lado do carro. “Deu vontade de sair também caminhando”, disse. Indagado sobre o que os diocesanos poderiam esperar do seu episcopado, respondeu de forma objetiva: “O tempo dirá”.

*Dom Edson de Castro Homem é bispo Referencial da Legião de Maria junto a CNBB

#Notícias

72 visualizações

E-mail Senatus:

senatus@legiaodemaria.org.br

Secretaria da Comunicação:

comunicacao@legiaodemaria.org.br

Endereço: 

Av. Benjamin Constant 23, sl 505

Glória - Rio de Janeiro / RJ

Tel: (21) 2224-1873

Visite:

 

© 2015 por Comunicação do Senatus-RJ